23 de outubro de 2019

Paola Antonini diz que seu primeiro ato após amputar perna foi tatuar frase do Nickelback

A modelo faz questão de frisar que não guarda mágoas da pessoa que a atropelou e que depois do ocorrido passou a viver a vida de forma mais leve e intensa.


Por Folhapress Publicado 07/10/2019
Reprodução (Divulgação)

“So live like you’ll never live it twice (em tradução livre: “então viva como se nunca fosse viver duas vezes)”. Este é o lema lema de vida da modelo e apresentadora Paola Antonini, 25, que precisou amputar a perna esquerda há quatro anos, após ser atropelada.

A frase faz parte da canção “If Today Was Your Last Day”, da banda Nickelback, uma das atrações do Rock in Rio neste domingo (6). Fã do grupo desde a adolescência, Antonini conta que vai prestigiar a atração no meio da galera. É a primeira vez que ela assistirá a um show do Nickelback.

“Amo essa música desde sempre. Essa é minha frase preferida desde 14 anos e representa demais para mim. Tatuá-la foi a primeira coisa que fiz após o acidente”, revela. 

A modelo faz questão de frisar que não guarda mágoas da pessoa que a atropelou e que depois do ocorrido passou a viver a vida de forma mais leve e intensa. 

“Quando a gente guarda um sentimento ruim, não consegue seguir em frente. Se você não guarda nada, não tem o que te pare na vida”, reflete. “Hoje, por exemplo, amo meu corpo. Antes eu me incomodava muito com as minhas estrias, mas agora nem ligo. Inclusive adoro as minhas cicatrizes. Elas são parte da minha história.”

 A modelo conversou com o F5 durante passagem pelo camarote da Doritos na Cidade do Rock, e disse que amou a proposta da marca, que prega a diversidade.

“É muito importante, ainda mais num evento com tanta visibilidade. Estou muito feliz em estar fazendo parte disso. Pessoas com deficiência, com seus gêneros, do jeito que elas são… Todas são representadas.”