23 de outubro de 2019

‘South Park’ critica censura que China impõe a Hollywood e série é banida no país asiático

No episódio, os personagens falam sobre como a indústria de Hollywood adequa o seu conteúdo para agradar o governo chinês.


Por Folhapress Publicado 08/10/2019
Reprodução (Divulgação)

 Todo o conteúdo da série de animação “South Park” foi banido na China por causa do episódio “Band in China”, que faz duras críticas ao país asiático.

No episódio, os personagens falam sobre como a indústria de Hollywood adequa o seu conteúdo para agradar o governo chinês. Pequim respondeu à provocação dos criadores da série apagando todo o conteúdo de “South Park” da internet. Tanto no site oficial da Comedy Central Show como nas redes sociais.

Até fóruns de discussão chineses tiveram todo conteúdo que citava a série “South Park” apagado, como publicações, conversas e threads, segundo informou o site americano Hollywood Reporter.

É comum que filmes tenham cenas cortadas ou edição alterada a pedido do governo chinês. Até mesmo a animação do ursinho Pooh foi censurada porque a população local associou o personagem ao líder da ditadura chinesa, Xi Jinping
Os esportes americanos também já criaram rusgas com o governo chinês.

Daryl Morey, diretor geral do Houston Rockets, publicou no Twitter uma postagem em apoio aos manifestantes de Hong Kong, e isso irritou a Associação Chinesa de Basquete, presidida por Yao Ming, membro do Hall da Fama do basquete nos Estados Unidos. A mensagem inicial de Morey na última sexta-feira (4), na qual ele pedia “apoio a Hong Kong”, colocou a NBA em confronto com seu maior e mais prioritário mercado internacional. 

Em resposta, os criadores da série, Trey Parker e Matt Stone, publicaram um anúncio sobre a censura. “Como a NBA, saudamos os censores chineses em nossas casas e em nossos corações”, começa o texto. “Nós também amamos dinheiro mais do que liberdade e democracia. Xi não parece nem um pouco com o Ursinho Pooh. Sintonize nosso 300º episódio nesta quarta-feira às 10h [horário nos EUA]! Viva o grande Partido Comunista da China. Que a colheita de sorgo no outono seja abundante. Estamos bem agora na China?”

O EPISÓDIO
No episódio “Band in China”, o personagem Randy é pego tentando vender maconha na China e é enviado para um campo de trabalho semelhante ao que Pequim tem usado na província de Xinjiang -em que mantém até 1 milhão de muçulmanos chineses para doutrinação política. Enquanto ele está no campo de trabalho, Randy encontra com Winnie the Pooh, que está preso. 

Enquanto isso, Stan, Jimmy, Kenny e Butters formam uma banda de metal que ganha fama e chama a atenção de um produtor, que decide fazer um filme sobre eles. Durante a produção do material, no entanto, a banda sofre o tempo todo com alterações no roteiro para poder garantir a distribuição do filme na China. 

“Agora sei como os roteiristas de Hollywood se sentem”, diz Stan enquanto um guarda chinês o observa fazendo as alterações no trabalho. Cenas do episódio da banda são feitas na Disney e mostram Mickey Mouse observando se seus empregados (outros personagens da Disney e da Marvel) estão cooperando com autoridades chinesas. 

Para garantir que o resto do mundo assista a “Band in China”, o site oficial da série do Comedy Central disponibilizou o episódio na íntegra.