24 de outubro de 2019

Cirurgia Metabólica: perguntas e respostas


Por Folhapress Publicado 06/06/2019

O diabetes tipo 2 é uma das doenças que mais crescem em número de casos por ano, sendo um dos grandes desafios da saúde para 2020 – segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Quando a mudança de estilo de vida, com alimentação saudável e exercícios físicos constantes, não funciona, a cirurgia metabólica entra como um dos métodos de tratamento mais indicados para conter a doença.

Mas, afinal, o que é a Cirurgia Metabólica? A dra. Luciana El-Kadre, coordenadora do Centro de Diabetes e Obesidade, e o dr Fernando de Barros, coordenador do programa de Cirurgia Robótica do Hospital São Lucas Copacabana, tiram essa e outras dúvidas sobre o procedimento.

O que é a Cirurgia Metabólica?

Dra. Luciana El-Kadre: A Cirurgia Metabólica é um procedimento de alta complexidade muito seguro que é feito em pessoas com diabetes tipo 2 que tenham Índice de Massa Corporal acima de 30 kg/m2, sendo consideradas obesas. Porém, ela só é indicada quando este paciente não teve sucesso no controle da doença através de alimentação saudável e exercícios físicos regulares, que são as primeiras formas de controle dos sintomas.

Para quais tipos de pacientes ela é indicada?

Dra. Luciana El-Kadre: Segundo o Conselho Federal de Medicina, o paciente que é candidato à Cirurgia Metabólica deve ter de 30 a 70 anos e menos de dez anos de diagnóstico do diabetes tipo 2. Além disso, seu Índice de Massa Corporal (IMC) precisa estar entre 30 e 35 kg/m2. 

Qual a diferença entre Cirurgia Metabólica e Cirurgia Bariátrica?

Dr. Fernando de Barros: Na Cirurgia Bariátrica, o objetivo é a perda de peso acentuada do paciente e, como consequência disso, a melhora de outras doenças do paciente ligadas ao sobrepeso, como a pressão alta. Tanto que ela é realizada em pacientes obesos e muito obesos que estejam com a saúde em sério risco. Já na Cirurgia Metabólica, o principal objetivo é controlar o diabetes tipo 2 e as doenças associadas a ele, como a hipertensão e o colesterol alto 

É possível prevenir o diabetes tipo 2? Como?

Dra. Luciana El-Kadre: Sim, e a melhor maneira é adotar um estilo de vida prioritariamente saudável, com a escolha de bons alimentos, consumo limitado de bebidas alcoólicas e prática de exercícios físicos regulares, ao menos três vezes na semana. Evitar o tabagismo é outra recomendação importante. Porém, vale lembrar que essa doença pode ser desencadeada por fatores genéticos, então, mesmo tendo uma vida regrada, quem tem predisposição para a doença pode ficar diabético.