29 de janeiro de 2020

Luan Santana diz não falar com Paula Fernandes desde que se recusou a participar do DVD dela

Para o artista, a melhor solução teria sido "juntos até o final. "A música estava tão linda. Não achei que valia a pena sacrificar por causa do final, de uma frase.


Por Folhapress Publicado 06/12/2019
Reprodução (Divulgação)

Em maio de 2019, Paula Fernandes e Luan Santana lançaram “Juntos”, inspirada na premiada canção “Shallow”, de Lady Gaga, 33, e Bradley Cooper, 44. O que aparentava ser uma parceria musical de sucesso acabou em polêmica, com rumores de desentendimento entre os artistas, que culminou no cancelamento da participação de Santana no DVD de Fernandes.  

O cantor explicou a questão para o programa A Tarde É Sua (RedeTV).  “A gente não se falou mais, mas gosto muito da Paula. Admiro muito a carreira dela e tudo o que ela já fez pela música sertaneja e brasileira. Quero falar com ela. Acho que não tem nada de mal e a gente não ficou de mal, simplesmente não se falou mais. Mas é uma coisa que vai acontecer de uma forma muito natural até porque não tem nada de errado”.

O problema surgiu após o público não só estranhar, mas criticar a falta de sentido do refrão da canção “juntos e shallow now” (que, em tradução livre significa juntos e raso agora). A repercussão foi tão grande que gerou as mais diversas brincadeiras, incluindo memes e piadas. 

Quando isso aconteceu, Luan se pronunciou em entrevista ao UOL.  “Cheguei a falar para ela quando recebi: ‘Paula, esse ‘Shallow now’ está soando um pouco diferente, meio ruim’. Me soou meio brega, assim, sei lá… Soou ruim, não entrou no meu ouvido. Aí falei: ‘vamos trocar essa partezinha'”.

Para o artista, a melhor solução teria sido “juntos até o final. “A música estava tão linda. Não achei que valia a pena sacrificar por causa do final, de uma frase. Dava para trocar, tinha um monte de coisa que dava para pôr”.