25 de fevereiro de 2020

Gusttavo Lima diz que parceiro da música ‘Fora do Comum’ recebeu direitos autorais

Ganhou esses anos todos com execuções nas rádios, plataformas digitais, além das vendas de CD's e DVD's", declarou Gonçalves à colunista.


Por Folhapress Publicado 11/02/2020
Reprodução (Instagram)

O compositor André Luiz Gonçalves entrou com processo na Justiça pedindo R$ 20 milhões ao cantor Gusttavo Lima. Ele reivindica a autoria da música “Fora do Comum”, que foi registrada como parceria.

Gonçalves disse à colunista Fábia de Oliveira, do jornal O Dia, que Lima o chamou para fazer uma parceria e pediu para ele gravar uma música e mandar. Lima, então, teria dito que só registraria a música se o compositor aceitasse uma sociedade.

“De boa-fé, achei que ele só acrescentaria o nome dele na composição, mas ele foi lá e editou metade da música e registrou como 50% sendo de autoria dele. Pra não perder tudo, fui em outra editora pra registrar os meus 50% e não deixar de receber, porque quando eu fui registrar 100% da música no meu nome ele já havia feito o registro de metade. Ganhou esses anos todos com execuções nas rádios, plataformas digitais, além das vendas de CD’s e DVD’s”, declarou Gonçalves à colunista.

Segundo Lima, ele fez a música em parceria com Gonçalves, que recebeu 50% dos direitos autorais da faixa e que o processo “já foi sentenciado e julgado extinto em desfavor do compositor, que interpôs recurso de apelação e aguarda julgamento.”

Ao longo da ação que corria pela 30ª Vara Cível de Goiânia os artistas tentaram passar pela conciliação, mas não houve acordo. A ação acabou considerada extinta pela Justiça, por falta de provas, mas Gonçalves entrou com recurso no Tribunal da Justiça de Goiânia contra essa decisão.

Em relação às acusações do compositor, a assessoria de imprensa de Lima informa que as “afirmações são infundadas”.