23 de outubro de 2019

Anitta faz ‘quadradinho’ no colo de Pedro Scooby ao som de sua nova música com DJ Snake

Em vídeos compartilhados pela brasileira em seu Instagram, é possível ver Anitta rebolando muito no surfista enquanto toca sua nova canção "Fuego", feita em parceria com DJ Snake.


Por Folhapress Publicado 31/07/2019
Reprodução (Divulgação)

A cantora Anitta, 26, aproveitou a madrugada desta quarta-feira (31) ao lado de seu namorado Pedro Scooby, 30, em uma balada em Ibiza (Espanha).

Em vídeos compartilhados pela brasileira em seu Instagram, é possível ver Anitta rebolando muito no surfista enquanto toca sua nova canção “Fuego”, feita em parceria com DJ Snake.

Vestindo apenas um top preto e um mini shorts com estampa de onça, a cantora e seu novo namorado rebolaram muito um no outro, trocando cenas de carinho e afeto na famosa balada chamada Pacha, de Ibiza. 

A nova música da cantora faz parte do último álbum do DJ Snake intitulado “Carte Blanche”. Além de Anitta, a música conta com vocais de Sean Paul e Tainy. 

“Fuego” foi apresentada ao vivo no festival Tomorrowland na Bélgica, no último fim de semana, fazendo com que Anitta tenha o registro de ser a primeira cantora brasileira a cantar neste festival, que é um dos mais famosos do mundo.

Em recente entrevista de Anitta para a revista Marie Claire, ela disse mais uma vez que sua trajetória como artista de palco vai se encerrar aos 30 anos.

“Trabalho porque gosto, porque me dá prazer. Se parasse agora, sentiria falta. Vou parar quando fizer 30 anos [em 2023], porque não quero voltar com 40 ao mesmo ritmo de antes. Sou muito organizada, gosto de separar as coisas. Quero seguir trabalhando com o que já faço hoje além da carreira artística, que é no ramo empresarial, consultoria, na parte criativa”, disse em entrevista à Marie Claire.

Segundo a artista, depois da aposentadoria a ideia é ter filhos. E não será só um ou dois. “Quero ter vários, muitos. Gosto de casa cheia. Quero adotar também. Só que é um plano para depois. Se acontecesse de engravidar agora, paciência. Não abortaria pelas minhas crenças religiosas”, afirmou.