23 de outubro de 2019

Felipe Titto entra para ‘A Dona do Pedaço’ e diz que não sabe se faria homossexual na TV

Na trama, Abdias é contratado por Agno (Malvino Salvador) para treinar Rock (Caio Castro). A missão não é um problema para Titto, que já luta boxe há anos, a rotina do ator é recheada de exercícios, incluindo musculação, ciclismo, skate e artes circenses, que ele pratica desde criança.


Por Folhapress Publicado 07/08/2019
Reprodução (Divulgação)

Felipe Tito, 32, fez sua estreia como o professor de boxe Abdias em “A Dona do Pedaço” (Globo) nesta terça-feira (6), e já é alvo de comentários dos internautas.

Depois da novela “O Outro Lado do Paraíso” (2017-2018), do longa “Eu Sou Mais Eu” (2019) e passagem pelo Vídeo Show, ele integra agora o elenco fixo da novela da faixa das nove.

Na trama, Abdias é contratado por Agno (Malvino Salvador) para treinar Rock (Caio Castro). A missão não é um problema para Titto, que já luta boxe há anos, a rotina do ator é recheada de exercícios, incluindo musculação, ciclismo, skate e artes circenses, que ele pratica desde criança.

“Meu perfil tem muito a ver com o do meu personagem. Eu faço várias modalidades esportivas, entre elas o boxe. Acredito que isso ajudou bastante na hora da escolha dos produtores”, diz Titto em entrevista à Folha. Ele conta que, para o personagem, precisou se dedicar ainda mais aos seus treinamentos e definir músculos, além de redobrar a atenção com a dieta.

Ainda sem saber qual será o grande momento do personagem, o ator conta que soube que  participaria da novela pelos próprios Walcyr Carrasco e Silvio de Abreu há cerca de um mês. A previsão é de que ele fique até o final da trama.

Após as cenas com Vivi Guedes (Paolla Oliveira) que foram ao ar nesta terça, o personagem é cotado para ser o novo par romântico da influenciadora. No entanto, ele ainda não sabe dizer se o romance terá continuidade. “Novela é obra aberta. Sinceramente, eu não faço a mínima ideia do que vai acontecer”. 

Questionado sobre se aceitaria interpretar um possível relacionamento homossexual, ele disse que “não saberia responder, são situações hipotéticas… Estou à disposição dos autores para o que eles quiserem criar”.