25 de outubro de 2020

Angélica diz que Luciano Huck se envolve na política como cidadão


Por Folhapress Publicado 12/10/2020 Atualizado em 13/10/2020 às 15:56
Angélica diz que Luciano Huck se envolve na política como cidadão
Angélica e Luciano Huck – Foto: Reprodução/Instagram

Angélica, 46, que estreou seu novo programa, Simples Assim (Globo), no último sábado (10), após dois anos parada, afirma que está cada vez menos preocupada com o que pensam dela. “Realmente você vai ficando mais seguro”, diz ela, citando a maturidade. “Eu tenho muita gratidão de olhar para tudo que eu construí. É uma bênção tudo o que eu recebi da vida. Não tenho realmente do que reclamar.”


Outra coisa que lhe trouxe confiança foi o fato de a internet proporcionar contato direto com os fãs. “Eu vejo as meninas, jovens apresentadoras, falando a opinião delas”, contou. “E se ela está errada vai lá e corrige. Na minha época, ainda mais eu que sempre trabalhei com criança e jovem, eu tinha muita responsabilidade. Eu me segurava porque não queria que a minha opinião virasse uma verdade absoluta, porque tinha gente que me acompanhava realmente como uma referência.”


Mais recentemente, ela surpreendeu a todos ao falar livremente sobre o uso do vibrador durante entrevista para o Cada Um No Seu Banheiro, no canal de YouTube de Sabrina Sato, 39. “Falei de forma divertida sobre um assunto muito sério”, afirmou. “O homem falar de masturbação é normal, e também a mulher falar sobre isso também está tudo certo. A gente tem a oportunidade de virar o jogo contra o machismo, não só para mim, mas para as meninas que vão vir. Quero deixar um mundo mais igualitário para a minha filha.”


“Então a gente tem que falar não só do prazer sexual, mas do trabalho, do preconceito, de tudo o que a gente está tentando conquistar”, disse. “Já está muito melhor agora, mas a gente não pode deixar esse bonde passar.”
Ela diz que fica particularmente chateada quando recebe ataques de outras mulheres. “Fico chocada quando vejo uma mulher falar da outra”, afirmou. “Estamos num momento muito feminista, graças a Deus, e no qual você não precisa ser amiga, mas você pode dar a mão de alguma forma.”


E também percebe que os ânimos ficam ainda mais acirrados quando aparecem notícias sobre uma eventual candidatura de Luciano Huck a um cargo político. “Eu tô muito muito fora dessa coisa política”, garantiu. “O Luciano tem se envolvido com essa questão, como cidadão principalmente, não como político. Ele não é político, ele é um artista.”


“Quando aparecem as fake news, aí vem o meu tempo de tamanquinho gasto, né?”, riu. “Eu comecei muito cedo, já tive muita crítica, já falaram muita coisa, então ainda não me atingiu de uma forma ainda que me incomodasse a ponto de virar uma questão. Só me espanto quando me envolvem numa mentira ou fazem um comentário sem fundamento.”


“Quando eu vejo essa coisa de primeira-dama, acho divertido”, confessou. “Esse personagem eu nunca vivi. Hoje, estou muito focada no meu trabalho, não consigo imaginar essa situação. Para mim ainda é engraçado. Não estou virada para isso, mas estou aqui, sou casada com ele e o que eu vejo, por enquanto, é um cidadão realmente ativo, a fim de fazer e de ajudar.”