24 de junho de 2019

‘Shippados’ faz humor com angústia de relações reais, diz Tatá Werneck

Com Tatá Werneck, 35, e Eduardo Sterblitch, 32, as risadas são garantidas, mas nada de comédia escrachada ou piada pela piada, afirma a atriz.


Por Folhapress Publicado 08/06/2019

A busca pelo amor em meio a uma série de encontros frustrados. É assim que começa a série “Shippados”, que estreou nesta sexta-feira (7), na Globoplay. Com Tatá Werneck, 35, e Eduardo Sterblitch, 32, as risadas são garantidas, mas nada de comédia escrachada ou piada pela piada, afirma a atriz. 

“É uma situação trágica, é tirar o humor da angústia. Sabe quando a gente está muito mal e quase ri enquanto chora?!”, afirma Tatá, que interpreta Rita, uma jovem que busca o amor em sites e aplicativos de relacionamentos. “Ela é uma pessoa mal-humorada, que reclama de tudo, mas fica carismática nas chatices. Ela é real”, completa. 

Para Tatá, tanto Rita quanto Enzo (Eduardo Sterblitch) são anti-heróis que se apaixonam. Eles mostram como as pessoas se cobram, criam regras e ficam metódicas na tentativa de impressionar. Mas é justamente no fracasso, na frustração que eles se encontram. “Eles mostram como somos ridículos”, avalia ela. 

No primeiro capítulo, o foco é nos sites e aplicativos de relacionamentos. Na série, os personagens encontram pessoas com até 95% de match, que na verdade não têm nada a ver com elas. Os atores, no entanto, não veem como uma crítica a essas ferramentas, mas à contemporaneidade e suas relações  descartáveis. 

“Acho que eles [sites e apps de encontro] aproximaram pessoas, deram espaço para se conectarem, não precisa ver o sexo como uma coisa tão séria como era numa sociedade mais arcaica. Mas para quem está buscando uma alma é mais importante o olho no olho sempre”, avalia Sterblitch, que afirma nunca ter tido um encontro a partir de aplicativos.

Apesar de começar com os dramas de um casal, o ator diz que todas as relações serão abordadas, de mãe e filho, de amizade, com o trabalho. “Você começa e fala ‘entendi, já sei o que vai acontecer’, mas aí aparece uma coisa nova. É muito versátil. Você não percebe a piada. A gente não está contando piada, está sendo a piada.” 

Ainda sem confirmação de uma segunda temporada, Tatá e Sterblitch afirmam ter interesse em voltar aos personagens. A gravidez da atriz, no entanto, pode adiar um pouco as coisas. Na primeira temporada, ela chegou a gravar já grávida, mas sem saber. “Nas últimas cenas, já estava passando mal, mas achei que era cansaço”, conta. 

A série de Alexandre Machado e Fernanda Young, tem também no elenco Clarice Falcão, Luis Lobianco, Júlia Rabello e Rafael Quirog. A primeira temporada tem 12 capítulos, já disponíveis na plataforma de streaming.